Dicas para Entrevista de emprego

Encontrar um emprego na economia de hoje é como tentar encontrar uma agulha em um palheiro. Boas oportunidades de emprego são poucas e a competição por elas é feroz.

Neste breve artigo, você encontrará Seis Dicas para Entrevistas que você deve colocar em prática imediatamente. Essas seis dicas aumentarão suas chances de conseguir o emprego dos sonhos.


Seis dicas para entrevistas de emprego

Dica #1

Aperto de mão: dê aos entrevistadores um aperto de mão firme. Isso mostrará a eles que você está confiante em si mesmo. Certifique-se de que suas mãos não suam (geralmente causado por estar nervoso). Nem todo mundo gosta de apertar a mão (por vários motivos), então sempre deixe o empregador tomar a iniciativa.

Em uma entrevista, fazemos uma pequena reverência às entrevistadoras (mulheres) em vez de apertar suas mãos (e as deixamos meio nervosas). Essa tática pode não funcionar o tempo todo e precisa ser aplicada com humor. É melhor ficar com o aperto de mão, a menos que você tenha certeza de que a reverência será bem aceita.

Dica #2

Negatividade: Faça o que fizer, nunca diga nada negativo sobre você. Você está tentando impressionar o empregador para que ele lhe dê o emprego, então não dê a ele uma desculpa para ignorá-lo falando sobre suas falhas e fracassos.

Em uma entrevista a que assistimos, havia um rapaz bem vestido que tinha experiência de nível gerencial. Ele cometeu dois erros vitais. Quando ele respondia às perguntas, ele mal olhava para os entrevistadores e direcionava a maioria de suas respostas para coisas sem sentido. Em segundo lugar, ele falou sobre seus fracassos anteriores. Essas duas práticas simples o eliminaram.

Claro, todo mundo falhou no passado. Mas não há necessidade de mencionar isso. Olhe isto deste modo. Digamos que você esteja administrando uma empresa de Restauração. Você diz a um cliente potencial (que precisa de bufê para seu casamento) que houve um tempo em que acidentalmente confundiu os pedidos. O que o cliente potencial pensará de você?

Dica #3

Empresa: Faça sua pesquisa do histórico da empresa, seu setor e cultura. Isso levará apenas cerca de 10 a 20 minutos de seu tempo. Na fase da entrevista, você terá a oportunidade de fazer perguntas. Você precisa demonstrar que tem conhecimento sobre a empresa, fazendo perguntas inteligentes.

Faça perguntas sobre o setor em que a empresa se encontra. Por exemplo, se a empresa atua no setor agrícola, talvez haja novas leis e regulamentos em vigor que podem impactar a empresa.

Uma pergunta poderia ser: 'Eu estava lendo sobre os novos regulamentos (declare-os) que devem entrar em vigor. Como isso afetará a empresa?'

A pergunta mostra que você é inteligente, conhece a atualidade e se preocupa com o seu futuro com a empresa (você tem objetivos de longo prazo para estar com a empresa). Os entrevistadores irão admirá-lo por seu insight aguçado.

Você pode então fazer perguntas básicas sobre a cultura da empresa e o trabalho (padrões de turnos, treinamento, etc.).

Você precisa manter as perguntas relevantes para o cargo e deixar perguntas sobre pagamento, férias e bônus para o final.

Dica #4

Profissionalismo: você precisa permanecer profissional em todos os momentos. Isso se aplica à maneira como se veste e se comporta. Não use gírias ou linguagem que possa facilmente ser considerada inadequada. Por exemplo, referir-se a um entrevistador como 'chefe' , 'patrão' , 'querido', etc. não é aceitável. Em um ambiente profissional, esses termos não são tolerados. Você precisa ser maduro em todos os momentos.

Dica #5

Verificação do entrevistador: Na maioria das vezes você não sabe quem vai entrevistá-lo. Mas, em alguns casos, o nome do entrevistador é mencionado. Se você sabe quem é o entrevistador, é uma boa ideia entrar na Internet e  pesquisar rapidamente sobre ele.

O LinkedIn seria um bom lugar para começar. Verifique o perfil do(s) entrevistador(es), veja quais interesses eles têm e tente relacionar-se com eles na entrevista.

Por exemplo, talvez vocês dois compartilhem uma paixão por carros. Traga isso à tona em sua entrevista (como um interesse). As pessoas são atraídas por aqueles que compartilham interesses semelhantes. Esta prática irá a seu favor.

Dica #6

Quem você conhece: anos atrás, se você tivesse uma família ou amigo trabalhando numa determinada empresa, eles poderiam colocá-lo dentro da empresa facilmente, recomendando-o. É o que costumamos chamar de "padrinhos".

Nos dias de hoje é mais difícil, pois muitas empresas têm políticas de recrutamento mais rígidas. Mas a prática ainda é comum.

Se você conhece pessoas "de dentro" da empresa, diga-lhes para falarem bem de você. Vimos pessoas serem recrutadas por causa disso. A empresa procuraria preencher os cargos rapidamente e, se um funcionário leal conhecer alguém que possa fazer o trabalho, os recrutadores estarão propensos a ouvir.

Portanto, use essa tática porque ela ainda funciona. Em empresas onde existem políticas mais rígidas, você não conseguirá um emprego instantâneo. Mas os recrutadores estarão atentos à sua candidatura.

Conclusão

Essas seis dicas o colocarão à frente de seus concorrentes. Portanto, comece a aplicá-las em sua busca de emprego e não deixe essa oportunidade perfeita passar!