Recrutamento de Assistente de Campo Nacional 2022 - Projeto Biodiversidade

Recrutamento de Assistente de Campo Nacional 2022 - Projeto Biodiversidade
A posição de Assistente de Campo é direcionada a nacionais com experiência na conservação das Tartarugas Marinhas com a Associação Projeto Biodiversidade ou outros grupos em temporadas anteriores. Com este trabalho você terá a possibilidade de participar na proteção de uma espécie emblemática de Cabo Verde que se encontra em perigo de extinção.

O Assistente de Campo tem como responsabilidade proteger as tartarugas marinhas, os seus ninhos e as praias de desova, assim como participar nas actividades de proteção das tartarugas marinhas e actividades de sensibilização das comunidades. Além disso, o projeto busca pessoal que defende as tartarugas marinhas em todas as situações quotidianas.

O que é preciso para ser um Assistente de Campo?

A posição para Assistente de Campo está aberta a candidatos com comprometimento na conservação e um particular interesse em trabalhar com tartarugas marinhas. Você ganhará uma valiosa experiência em trabalhos de campos:
  • Identificação de rastros;
  • Recolha de dados biométricos;
  • Marcação e identificação de fêmeas previamente marcadas;
  • Relocação e escavação de ninhos.
Os deveres do Assistente de Campo incluirão patrulhas noturnas para deter caçadores e recolha de dados e identificação de rastros, marcação e medição das tartarugas. Também terão patrulhas de manhã para a relocação de ninhos para os viveiros ou para outras localizações nas praias. Com o início da época de eclosão dos ninhos os assistentes serão responsáveis pela monitorização e escavação dos ninhos, e liberação de filhotes. Adicionais responsabilidades incluem a manutenção do acampamento e das suas instalações, ajudando no treinamento dos voluntários, e ajudando de uma forma geral no dia-a-dia do acampamento e da equipa.

No início da temporada o projeto capacita os assistentes com uma formação teórica e prática no trabalho de campo. Além disso, esta posição dá a possibilidade de se desenvolver pessoal e profissionalmente ao longo da temporada através de formação contínua em diferentes técnicas de conservação e conforme o seu interesse e motivação. Após um período de provação estará sujeito a um teste escrito e prático para provar o nível de conhecimento ganho durante o treinamento. Após o seu treinamento será requerido a liderar patrulhas e supervisionar voluntários.

Condições de trabalho
  • A semana de trabalho é de 6 noites de patrulha seguido de 1 dia de folga.
  • Os Assistentes de Campo que não são da Ilha do Sal, têm a possibilidade de ficar no acampamento principal em Costa da Fragata com o resto de membros da equipa de Projeto Biodiversidade. No acampamento a convivência com outras pessoas de diferentes nacionalidades tem muita importância. Esperamos de todo o pessoal do acampamento participar em todas as atividades organizadas durante a temporada.
  • Se ficar no acampamento, durante parte da tarde tem trabalhos diversos relacionados com a manutenção do acampamento e/ou com as atividades de conservação e de sensibilização.
  • Possíveis estadias em acampamentos alternativos em diferentes praias, com patrulhas noturnas e partilhando todo o tempo com os mesmos companheiros e outros participantes (grupos comunitários e voluntários). As condições nos acampamentos alternativos são mais básicas, mas água potável e alimentação são facilitadas pelo projeto.
Essa oportunidade irá lhe oferecer uma sólida experiência de trabalho que pode ajudar a sua continuidade na área de conservação, mas as condições de trabalho podem ser desafiadoras, cansativas e estressantes: você irá trabalhar durante a noite e muitas vezes durante o dia. Um bom nível físico e energia mental é exigido uma vez que as patrulhas são longas (as vezes toda a noite), com longas caminhadas. O contrato está sujeito a um período de prova de 15 dias, depois dos quais os Supervisores vão avaliar a continuidade do interessado.

Requerimentos
  • Desejo em trabalhar na conservação;
  • Ter experiência prévias com tartarugas no Projeto Biodiversidade ou outros grupos parecidos;
  • Ter mais de 18 anos;
  • Bom nível físico;
  • Ter flexibilidade nos horários;
  • Ter capacidade de trabalhar independentemente e ter iniciativas;
  • Adaptabilidade em ambientes multiculturais;
  • Boa atenção para os detalhes;
  • Ter habilidades diplomáticas.
Requerimentos desejados
  • Ter licenciatura em Ciências Biológicas ou áreas afins ou estar estudando neste momento;
  • Falar a língua inglesa ou outra língua estrangeira;
  • Ter experiência em acampamentos de longa duração ou trabalhos de campos;
  • Ter habilidades ou experiências em mecânica, carpintaria, desenhos ou pinturas;
  • Ter experiências em trabalho com turistas.
Benefícios

O salário mensal vai a ser de 31.875 ECV líquido com contrato de trabalho e seguro.
Datas: 15 de Junho – 15 de Outubro

A finalização das patrulhas vai depender da temporada de desova das tartarugas marinhas e do interesse mostrado por cada funcionário. A formação terá início aproximadamente na segunda semana de Junho com duração prevista inferior a uma semana. Os candidatos selecionados serão notificados com antecedência.

Como candidatar:

Preencher a Ficha de Inscrição e enviar por e-mail juntamente ao endereço: seaturtles@projectbiodiversity.org

Pode encontrar a Ficha de Inscrição no site (www.projectbiodiversity.org/job-opportunities), pedir no e-mail ou recolher nos seguintes locais:

Escritório de Projeto Biodiversidade: Mercado Municipal de Santa Maria, segundo andar.
Delegação do Ministério do Meio Ambiente e Agricultura, em Espargos.

As candidaturas também podem ser entregues no escritório de Projeto Biodiversidade, no Mercado Municipal de Santa Maria ou na Delegação do Ministério do Meio Ambiente e Agricultura, em Espargos.

Data-Limite para apresentar candidaturas: a aplicação estará aberta até o dia 30 de Abril.